icon_cadastrar-empresa-red icon_cadastrar-empresa icon_cadastrar-local-red icon_cadastrar-local icon_clear-day icon_clear-night icon_cloudy-night icon_cloudy-snow icon_cloudy icon_comer-reserve-black icon_comer-reserve-red icon_comer-reserve-white icon_comer icon_dormir-reserve-black icon_dormir-reserve-red icon_dormir-reserve-white icon_dormir icon_fazer icon_fog icon_heavy-rain icon_heavy-thunderstorm icon_mark-red-white-large icon_mark-red-yellow-medium icon_mark-white-red-medium icon_partly-cloudy-day icon_partly-cloudy-night icon_rain icon_sleet icon_snow icon_sunshine-showers icon_thunderstorm icon_tornado icon_ver icon_wind
Cadastrar Local
Criado em 08 de Maio de 2014

Thames Barrier

A magnífica barreira (Thames Barrier) ao leste de Londres não serve apenas para proteger a cidade das inundações, ela também é admirada por sua arquitetura e pela beleza que agrega ao rio Tâmisa
Endereço
London

A barreira do rio Tâmisa (Thames Barrier) completa 30 anos em 2014 e continua encantando com sua bela paisagem sobre Londres. Ela definitivamente não é o ponto turístico mais conhecido de Londres, mas sua vista é um verdadeiro cartão postal.

Thames Barrier, Ponto Turístico de Londres | Foto: Shutterstock / fasphotographic
Thames Barrier, Ponto Turístico de Londres | Foto: Shutterstock / fasphotographic

Na verdade, ela nem deveria ser considerada um ponto turístico, já que seu objetivo é proteger a cidade de inundações.

Mas juntamos rio Tâmisa + bela arquitetura + Londres e a mistura só podia ser mais um lugar para colocar no seu roteiro caso esteja passando mais dias na capital inglesa.

Ainda mais porque ela completa 30 anos de construção em 2014 e já começou o ano a todo o vapor.

Com as inundações que ocorreram no Reino Unido no início do ano, a barreira do Tâmisa fechou aproximadamente 30 vezes.

Você pode até pensar que não é muito, mas é sim. Só para se ter uma ideia, de 1990 a 1999, a barreira fechou 35 vezes.

Em apenas dez semanas ela praticamente alcançou a quantidade de nove anos. Tudo para garantir que Londres não fosse inundada.

Sua construção começou em 1974, mas só foi inaugurada uma década depois. Ela consegue reter mais de 9.000 toneladas de água, criando uma parede sólida de aço que impede o fluxo de água. A rainha Elizabeth II esteve presente no momento de sua inauguração.

O Thames Barrier possui dois tipos de abertura, os portões individuais podem ser fechados em dez minutos, mas toda a barreira leva cerca de hora e um meia.

A barreira móvel é composta por 10 portões ligados a 39 metros de altura e cada um deles pesa 3.300 toneladas.

Responsável por reter a maré e criar mais espaço no rio para o excesso de água, ela é regularmente testada e fechada durante as mares altas da primavera.

De acordo com um mapa lançado pela Environment Agency, várias partes de Londres estariam inundadas se a barreira não existisse e o nível do mar continuasse a subir.

O Parlamento Britânico, Tower Bridge, Arena O2 e vários pontos históricos e turísticos da cidade estariam debaixo d’água.

Para chegar até Thames Barrier você pode utilizar o transporte público de Londres, como ônibus e metrô. Mas também existe a opção de barcos que saem de Westminster e Greenwich.

Qual a sua avaliação?

You have already rated this post. Thank you!

0 5

0 Avaliações